Qual a função da frenagem reostática ?

O conjugado de frenagem que pode ser conseguido através da aplicação de inversores de freqüência, sem módulos de frenagem reostática e sem a “Frenagem Ótima” (quando em modo de controle vetorial), varia de 10% a 35% do conjugado nominal do motor.

Durante a desaceleração a energia cinética da carga é regenerada ao link CC. Essa energia carrega os capacitores elevando a tensão e, caso não seja dissipada, poderá provocar sobretensão no barramento CC (F022) e o desligamento do inversor.

Para se obter conjugados frenantes maiores, utiliza-se a frenagem reostática, neste caso, a energia regenerada em excesso é dissipada em um resistor montado externamente ao inversor. Este tipo de frenagem é utilizado nos casos em que são desejados tempos de desaceleração curtos ou quando forem acionadas cargas de elevada inércia.

Outras Novidades e Eventos

30 / 03 / 2020  |  MOTOR PARA BETONEIRA

Com o melhor custo-benefício do mercado,
Saiba mais

21 / 10 / 2019  |  NOVA LINHA MOTORREDUTORES VERTIMAX WCG20

Os Motorredutores Vertimax WCG20,
Saiba mais

NEWSLETTER
Cadastre-se e receba novidades e promoções da Transmitech Redutores.
Rua Agostinho Camilo de Borba, 119 Bairro Do Parque • Esteio/RS
CEP: 93270-650
Tel.: 51 3473 0721 / 3473 1363

Cel.: 51 98179 5151
Converse no Whats